Caso não esteja visualizando este e-mail corretamente clique AQUI


Click here to see this Newsletter in English


Editorial

Amigos,

Estamos de volta, com mais um número de nossa Eucalyptus Newsletter, com muitas informações técnicas e algumas curiosidades acerca dos eucaliptos.

Nessa edição estamos apresentando o segundo capítulo do Eucalyptus Online Book e de título:

"Minerais e nutrientes das árvores dos eucaliptos: Aspectos ambientais, fisiológicos, silviculturais e industriais acerca dos elementos inorgânicos presentes nas árvores"

Procuramos dar continuidade à forma adotada no capítulo anterior, onde inserimos uma mescla de temas técnicos sobre florestas e sobre seus efeitos nas tecnologias industriais. Sempre tive uma atração especial sobre os assuntos ligados à sustentabilidade do sítio florestal, às necessidades de se respeitar mais os recursos naturais e de se defender uma qualidade ambiental para as florestas plantadas. Por isso, após discorrer no capítulo anterior sobre a importância das cascas das árvores dos eucaliptos, decidi continuar agora, falando sobre os minerais e os nutrientes da floresta. Esses mesmos minerais que entram nas fábricas acompanhando as madeiras em sua constituição química. Também, esses mesmos minerais que deixam os solos e, se nada fizermos, estaremos a empobrecê-los. Uma extensão ao capítulo anterior, acredito. Espero que apreciem essa extensa revisão que fiz sobre o tema. Ela está disponível para seu downloading e leitura. Se gostarem, espero que recomendem e remetam a seus amigos.

Daremos continuidade às próximas edições do Eucalyptus Online Book & Newsletter, enviando a vocês até fevereiro de 2006, esses dois capítulos, até o momento lançados, em suas versões em inglês. A partir de março de 2006, deveremos lançar, a cada dois meses como meta inicial, um novo capítulo em suas versões em português e inglês. Em momento oportuno, nossa meta é ter a Eucalyptus Newsletter e os capítulos do Eucalyptus Online Book enviados mensalmente. Afinal, são quase 160 capítulos a serem escritos, e o tempo é uma variável importante para se concretizar esse projeto.

Caso ainda não estejam cadastrados para receber a newsletter, e junto com ela os capítulos do livro, sugiro fazê-lo através do link a seguir: Clique para cadastro

Nessa edição da newsletter, como sempre procuraremos fazer, estamos mostrando muita coisa interessante a mais sobre os eucaliptos. Tudo para você se divertir, aprendendo.

Obrigado a todos vocês pelo apoio ao nosso trabalho

Celso Foelkel
http://www.celso-foelkel.com.br
http://www.eucalyptus.com.br

Nessa Edição

Capítulo Online Book
Minerais e nutrientes das árvores dos eucaliptos: Aspectos ambientais, fisiológicos, silviculturais e industriais acerca dos elementos inorgânicos presentes nas árvores

Referências Técnicas da Literatura Virtual
1. Anais da Conferência Internacional "Eucalypt Plantations: Improving Fibre Yield and Quality" CRCTHF-IUFRO, 1995

2. Anais do Simpósio "Hybrid Breeding and Genetics of Forest Trees" QFRI/CRC-SPF, 2000

3. Edições do Boletim de Pesquisa Florestal da EMBRAPA FLORESTAS

4. Artigo técnico "Using tree physiology to better understand the effect of environmental factors on wood fibre properties"

Euca-links
1. Plantas da Austrália - Os gêneros Eucalyptus, Corymbia e Angophora
2. Association of Societies for Growing Australian Plants ( ASGAP)
3. ECOCROP - um website da FAO - Food and Agriculture Organization das Nações Unidas


Mini-Artigo Técnico por Celso Foelkel
Eucaliptos: as mais altas e mais produtivas árvores do planeta...

Capítulo Online Book

Minerais e nutrientes das árvores dos eucaliptos: Aspectos ambientais, fisiológicos, silviculturais e industriais acerca dos elementos inorgânicos presentes nas árvores
(2,618 Mb em PDF)

Celso Foelkel (Outubro 2005)

<< clique no icone ao lado para baixar o programa de leitura em PDF - Adobe Reader - grátis.


Referências Técnicas da Literatura Virtual

Anais da Conferência Internacional

"Eucalypt Plantations: Improving Fibre Yield and Quality"

CRCTHF-IUFRO, Hobart, Tasmania,Australia, 1995

http://www.forestry.crc.org.au/iufro95.htm

Resumo: Esse é definitivamente um website imperdível para aqueles que querem conhecer mais sobre o melhoramento genético dos eucaliptos, suas estratégias, as exigências em qualidade da madeira e da floresta, as tecnologias emergentes, a genômica e a transgenia, bem como as maneiras de se transferirem os ganhos obtidos pela pesquisa e desenvolvimento para as atividades econômicas e produtivas. São cerca de 130 trabalhos técnicos disponíveis para downloading, algo muito difícil de se encontrar tão completo e tão accessível. O CRC é o Cooperative Research Centre for Sustainable Production, uma entidade englobando empresas e entidades governamentais australianas para pesquisar a ciência e as tecnologias para a indústria de base florestal.

 

Anais do Simpósio

"Hybrid Breeding and Genetics of Forest Trees"

QFRI/CRC-SPF, Noosa, Queensland, Australia, 2000

http://www.forestry.crc.org.au/hybrid.htm

Resumo: Mais um sensacional website, com cerca de 80 artigos bastante atuais sobre as modernas técnicas de melhoramento florestal, destacando-se as aplicadas em florestas plantadas de eucaliptos.

 

Edições do Boletim de Pesquisa Florestal da EMBRAPA FLORESTAS

http://ww2.cnpf.embrapa.br/internet/internet/boletim/index.htm

Resumo: São cerca de 50 edições online desse excelente boletim da Embrapa Florestas de Colombo / Paraná. Cada boletim é uma revista técnica com aproximadamente 4 a 10 artigos técnicos, uma grande parte em assuntos sobre os eucaliptos, suas florestas, suas madeiras e suas utilizações. Os artigos são em português, mas com sumário em inglês.

 

Artigo técnico

Using tree physiology to better understand the effect of environmental factors on wood fibre properties

por Shayne M. Jacobs & David M. Drew

http://tappsa.co.za/archive/APPW2002/Title/
Using_tree_physiology/using_tree_physiology.html

Resumo: Os autores procuraram discutir os aspectos fisiológicos e ambientais da formação do xilema e suas fibras. Dessa forma, acreditam ser possível se estimar as propriedades esperadas nas madeiras e os impactos em suas utilizações.


Euca Links

1. Plantas da Austrália - Os gêneros Eucalyptus, Corymbia e Angophora

http://www.australiaplants.com/eucalyptus.htm

http://www.australiaplants.com/corymbia.htm

http://www.australiaplants.com/angophora.htm

Nesses endereços, do website www.australiaplants.com, pode-se aprender muito sobre as mais diversas espécies de eucaliptos e dos outros dois gêneros botânicos afins. Esse site é de um viveiro dos Estados Unidos, localizado na Virginia, conhecido como Windmill Outback Nursery. Vejam então como os eucaliptos estão por todas as partes do mundo, quando não estão fornecendo madeira para fins industriais, estão também colaborando no paisagismo, através de suas plantas mais ornamentais.


2. Association of Societies for Growing Australian Plants ( ASGAP)

http://farrer.riv.csu.edu.au/ASGAP/sgap1.html

Nessa página, podem-se encontrar inúmeras informações técnicas, guia de espécies, indicações sobre cultivo e propagação, e muito mais sobre plantas australianas, destacando-se a Eucalypt Page e a Acacia Page, ambas acessáveis através do endereço acima.

3. ECOCROP - um website da FAO - Food and Agriculture Organization das Nações Unidas

http://ecocrop.fao.org/ecocrop/srv/en/home

Definitivamente, essa é uma página que deverá ser muito útil para aqueles que querem plantar árvores de eucaliptos, mas gostariam de saber quais as espécies mais indicadas em função do clima ( temperatura, chuva, insolação ) ou da qualidade do solo (pH, textura, profundidade, salinidade e fertilidade).


Mini-artigo Técnico por Celso Foelkel

Eucaliptos: as mais altas e mais produtivas árvores do planeta...

Nós todos conhecemos a capacidade das árvores dos eucaliptos de crescer bem. Afinal, elas são árvores recordistas em produtividade florestal, quando em plantações. Por sorte, e também por competência técnica nossa, elas escolheram terras brasileiras para se desenvolverem rapida e eficientemente. Aqui, encontraram ecossistemas e condições favoráveis ao seu desenvolvimento: solos, clima, tecnologias, pesquisas e desenvovimento e muita gente entusiasmada por elas. Tudo isso ajudou a que sejam capazes de mostrar crescimentos médios de 40 a 50 m³/ha.ano, com colheitas em 6 a 8 anos. Há ainda muitas florestas comerciais, dentre as que estão em nível mais avançado de melhoramento genético e de manejo silvicultural, que mostram incrementos anuais próximos a 60 m³/ha.ano.

O que poucos sabem, é que também árvores de eucaliptos são relatadas como entre as mais altas do planeta. Quando falamos em árvores altas e gigantescas, temos a lembrança imediata das sequóias (Sequoia sempervirens) da Califórnia americana ou dos Douglas-firs (Pseudotsuga menziesii) do estado norte-americano do Oregon. Isso porque elas conseguiram sobreviver até hoje em parques naturais e estão protegidas da voracidade do homem pelas suas madeiras. Entretanto, apesar das mais altas árvores de Eucalyptus já não estarem mais vivas, ainda hoje existem verdadeiros gigantes na Austrália (especialmente na Tasmânia). Muitas estão ameaçadas já pela avançada idade, ou pela derrubada para fins econômicos, entre os quais a agricultura e a exportação de cavacos de madeira. Felizmente, o governo australiano está acabando com isso, e protegendo-as mais. Os casos mais conhecidos onde ocorrem árvores gigantescas de Eucalyptus, como as de E.regnans, E.globulus, E.obliqua, E.viminalis e E.delegatensis, são as regiões do Styx Valley, Florentine Valley e Arve Valley, todas na Tasmânia. Ali, até hoje, se encontram árvores saudáveis com cerca de 300 anos de idade, com alturas de mais de 80 metros. Entretanto, existem relatos, fotos e medições de algumas árvores de eucaliptos, já mortas, com mais de 130 metros de altura. Duas delas, ambas de Eucalyptus regnans, são particularmente famosas, por serem as maiores de todas as árvores já medidas pelo homem. Uma é a famosa "Ferguson tree", que morreu há dezenas de anos devido a um incêndio florestal. Ela tinha cerca de 150 metros de altura e 5,5 metros de diâmetro. Algo definitivamente inacreditável. Outro exemplo, é a conhecida "Robinson tree", com 143 metros de altura. Árvores tão gigantescas como essas já não se encontram mais, mas muitos gigantinhos de 80 a 100 metros ainda podem ser encontrados pelo continente australiano. Para saber e conhecer mais sobre essas árvores, ver algumas fotos incríveis, e ler alguns artigos interessantes, entrem e naveguem nos websites que se seguem. Sugiro que visitem todos, pois cada um reserva uma boa surpresa, especialmente as fotos.

http://engraved-on-his-hands.home.att.net/Stromata/Lganimal/Plants/Eucalyptus_regnans/OlderPhotos.htm

http://members.optusnet.com.au/mruhsam

http://www.wilderness.org.au/campaigns/forests/tasmania/styx

http://www.csir.co.za/plsql/ptl0002/PTL0002_PGE100_LOOSE_CONTENT?
LOOSE_PAGE_NO=7010803#Tallest%20Tree%20Ever

http://weblog.greenpeace.org/tasmania/styx_background.html

http://www.forestrytas.com.au/forestrytas/pdf_files/tall_trees_survey_report.pdf

Eucalyptus Newsletter é um informativo técnico, com artigos e informações acerca de tecnologias florestais e industriais sobre os eucaliptos
Coordenador Técnico - Celso Foelkel
Editoração - Alessandra Foelkel
GRAU CELSIUS: Tel.(51) 3338-4809
Copyrights © 2005 - celso@celso-foelkel.com.br
Caso você não queira continuar recebendo a Newsletter e o Online Book, envie um e-mail para
webmanager@celso-foelkel.com.br
Caso esteja interessado em patrocinar essa Newsletter, bem como um capítulo do Online Book ou a comunidade virtual - click aqui - para saber maiores informações